Crise de ansiedade: Conheça detalhes e o que fazer em caso de crise

Uma crise de ansiedade é um episódio intenso e repentino de medo ou desconforto extremo, acompanhado por sintomas físicos e cognitivos intensos. 

Anúncios

Essas crises podem ocorrer de forma inesperada, sem nenhum gatilho aparente, ou podem ser desencadeadas por situações específicas, como estar em lugares lotados, viajar de avião ou enfrentar uma situação estressante.

Durante uma crise de pânico, a pessoa pode experimentar uma série de sintomas físicos, como palpitações cardíacas aceleradas, falta de ar, sudorese, tremores, tontura, e formigamento nas mãos e nos pés. 

Anúncios

Outros detalhes da crise de ansiedade

As crises de ansiedade podem ser assustadoras e debilitantes, e muitas vezes levam a um comportamento de evitação, onde a pessoa tenta evitar situações ou lugares que possam desencadear uma crise. 

Isso pode levar ao desenvolvimento de agorafobia, um medo intenso de estar em lugares onde é difícil escapar ou receber ajuda em caso de pânico. A agorafobia pode limitar significativamente a vida da pessoa.

As causas exatas das crises de pânico ainda não são totalmente compreendidas, mas acredita-se que uma combinação de fatores genéticos, biológicos e ambientais desempenham um papel.

Grupo no WhatsApp para ganhar dinheiro online
Aproveite
Grupo exclusivo e gratuito no WhatsApp para você
GRUPO WHATSAPP

Conteúdos diários sobre renda extra em nosso grupo exclusivo.

ENTRAR NO GRUPO EXCLUSIVO

Você será redirecionado para o WhatsApp

Sintomas detalhados da crise de ansiedade

A crise de ansiedade, também conhecida como ataque de ansiedade, é uma manifestação intensa e aguda de ansiedade que pode ocorrer de forma súbita e sem razão aparente, ou ser desencadeada por situações específicas. 

Os sintomas da crise de ansiedade podem variar de pessoa para pessoa, mas geralmente incluem:

Sintomas físicos

– Palpitações ou batimentos cardíacos acelerados

– Respiração rápida ou sensação de falta de ar

– Sudorese excessiva

– Tremores ou sensação de fraqueza nas pernas

– Tontura ou vertigem

Grupo no WhatsApp para ganhar dinheiro online
Aproveite
Grupo exclusivo e gratuito no WhatsApp para você
GRUPO WHATSAPP

Conteúdos diários sobre renda extra em nosso grupo exclusivo.

ENTRAR NO GRUPO EXCLUSIVO

Você será redirecionado para o WhatsApp

– Sensação de sufocamento ou falta de ar

– Dor ou desconforto no peito

– Náusea ou desconforto abdominal

– Formigamento nas mãos ou nos pés

Esses sintomas físicos podem ser tão intensos que a pessoa pode pensar que está tendo um ataque cardíaco ou algum problema de saúde grave.

Sintomas cognitivos

– Medo intenso ou sensação de perigo iminente

– Preocupação excessiva

– Sensação de perder o controle ou enlouquecer

Grupo no WhatsApp para ganhar dinheiro online
Aproveite
Grupo exclusivo e gratuito no WhatsApp para você
GRUPO WHATSAPP

Conteúdos diários sobre renda extra em nosso grupo exclusivo.

ENTRAR NO GRUPO EXCLUSIVO

Você será redirecionado para o WhatsApp

– Sensação de irrealidade ou despersonalização

– Dificuldade de concentração

– Pensamentos acelerados e confusos

Esses sintomas cognitivos podem levar a uma intensa sensação de medo e desconforto, fazendo com que a pessoa busque desesperadamente se afastar da situação que está desencadeando a crise.

É importante ressaltar que a crise de ansiedade é um evento temporário, normalmente durando de poucos minutos a algumas horas. 

No entanto, a intensidade dos sintomas pode ser avassaladora para a pessoa que está passando pela crise.

As crises de ansiedade podem ser desencadeadas por diversos fatores, como estresse, eventos traumáticos, mudanças significativas na vida, problemas de saúde física ou mental, entre outros. 

Além disso, pessoas com transtornos de ansiedade pré-existentes têm maior probabilidade de experimentar crises de ansiedade.

Tratamentos eficazes para crise de ansiedade

Existem diferentes opções de tratamento para crises de ansiedade, e a escolha depende da gravidade dos sintomas e das preferências individuais. Alguns dos tratamentos comuns incluem:

  • Terapia cognitivo-comportamental (TCC): É uma abordagem terapêutica que visa identificar e modificar padrões de pensamento negativos e comportamentos disfuncionais associados à ansiedade.
  • Medicamentos: Os medicamentos podem ser prescritos por um médico para ajudar a controlar os sintomas de ansiedade, especialmente em casos mais graves. Os antidepressivos e os ansiolíticos são comumente utilizados.
  • Técnicas de relaxamento: Práticas como meditação, yoga, exercícios de respiração e técnicas de relaxamento muscular progressivo podem ajudar a reduzir a ansiedade e promover o relaxamento.
  • Exercícios físicos regulares: A prática regular de exercícios físicos, como caminhadas, corridas ou qualquer outra atividade que você goste, pode ajudar a reduzir os níveis de ansiedade e melhorar o bem-estar geral.
  • Suporte social: Buscar apoio de amigos, familiares ou grupos de apoio pode ser benéfico para compartilhar experiências, trocar informações e obter suporte emocional.
  • Autocuidado: Adotar hábitos saudáveis, como ter uma dieta equilibrada, dormir o suficiente, evitar o consumo excessivo de álcool e cafeína, e praticar técnicas de gerenciamento do estresse pode ajudar a reduzir a ansiedade.

O que fazer se eu tiver uma crise de ansiedade em público?

Se você estiver enfrentando uma crise de ansiedade em público, aqui estão algumas medidas que você pode tomar para ajudar a lidar com a situação:

1. Encontre um lugar tranquilo

Se possível, afaste-se da multidão e procure um local mais calmo e seguro. Isso pode ajudar a reduzir a estimulação sensorial e proporcionar uma sensação de segurança durante a crise.

2. Pratique técnicas de respiração

Concentre-se em respirar lenta e profundamente. Inspire pelo nariz contando até quatro, segure a respiração por alguns segundos e expire lentamente pela boca contando até seis. 

Repita esse padrão de respiração várias vezes, pois isso pode ajudar a acalmar o sistema nervoso e diminuir a ansiedade.

3. Utilize técnicas de distração

Tente distrair sua mente da crise de ansiedade. Você pode contar objetos ao seu redor, recitar um mantra ou repetir uma frase positiva para si mesmo. 

Focar em algo diferente do que está causando ansiedade pode ajudar a diminuir os sintomas.

4. Use técnicas de visualização

Feche os olhos e imagine-se em um lugar tranquilo e seguro. Pode ser uma praia, uma floresta ou qualquer ambiente que lhe traga paz e serenidade. 

Visualize os detalhes desse lugar e tente se conectar com a sensação de calma que ele proporciona.

5. Recorra a um amigo ou pessoa de confiança

Se estiver acompanhado, avise a pessoa sobre o que está acontecendo para que ela possa oferecer suporte e tranquilidade. 

Às vezes, apenas ter alguém ao seu lado pode ajudar a acalmar a ansiedade.

6. Pratique técnicas de relaxamento

Além das técnicas de respiração, outras práticas de relaxamento, como meditação, yoga ou exercícios de alongamento, podem ajudar a reduzir a ansiedade e promover o relaxamento

Considere aprender e praticar essas técnicas regularmente para ajudar a prevenir e lidar com crises de ansiedade em público.

7. Busque ajuda profissional

Se as crises de ansiedade em público forem frequentes ou estiverem afetando significativamente sua qualidade de vida, é essencial buscar ajuda profissional de um médico ou psicólogo especializado em transtornos de ansiedade. 

Eles podem ajudar a identificar as causas subjacentes da ansiedade e fornecer estratégias de tratamento adequadas, como terapia cognitivo-comportamental ou medicamentos, se necessário.

Lembre-se de que cada pessoa lida com as crises de ansiedade de forma diferente, portanto, é importante encontrar as estratégias que funcionam melhor para você. 

Com o tempo, prática e apoio adequado, é possível aprender a lidar com a ansiedade em público e ter um maior controle sobre as crises.

Conclusão

A crise de ansiedade pode ser uma experiência desafiadora, mas é importante lembrar que existem tratamentos eficazes disponíveis para ajudar a lidar com essa condição. 

Terapia cognitivo-comportamental, medicamentos, técnicas de relaxamento, exercícios físicos, suporte social e autocuidado são algumas das opções que podem ser exploradas. 

Cada pessoa é única e pode responder de forma diferente aos tratamentos, portanto, é importante buscar orientação profissional para receber um plano de tratamento personalizado

Com o suporte adequado, é possível controlar e gerenciar a ansiedade, permitindo uma vida mais tranquila e equilibrada.

Perguntas frequentes sobre a crise de ansiedade

  • O que é uma crise de ansiedade?

Uma crise de ansiedade é uma manifestação intensa e aguda de ansiedade, caracterizada por sintomas físicos e cognitivos intensos.

  • Quais são os sintomas físicos de uma crise de ansiedade?

Os sintomas físicos podem incluir palpitações, falta de ar, tremores, tontura, sudorese e desconforto no peito.

  • O que pode desencadear uma crise de ansiedade?

Uma crise de ansiedade pode ser desencadeada por estresse, eventos traumáticos, problemas de saúde física ou mental, entre outros fatores.

Inscreva-se hoje

OBTENHA ACESSO COMPLETO E EXCLUSIVO AO CONTEÚDO PREMIUM

OPORTUNIDADES DE GANHAR DINHEIRO COM APLICATIVOS

ANÁLISE COMPLETA DE TODOS OS ASSUNTOS MAIS COMENTADOS NO MUNDO

CONCORRA A PRÊMIOS MENSAIS INSCREVENDO-SE EM NOSSA LISTA DE E-MAILS

Obtenha acesso ilimitado ao nosso Conteúdo EXCLUSIVO e concorra a prêmios mensais!

Conteúdo exclusivo

Artigos mais recentes

Veja também

Carregando a página, por favor aguarde…

0